Welcome to the official website of the Republic of Panama
Bem-vindo ao site oficial da República do Panamá
Facebooktwitterinstagram instagram

Cinco motivos para viajar ao Panamá neste verão.

Panamá tem se convertido, neste 2012,em um destino de moda.Sua riqueza e variedade cultural, a fauna e flora nativa, a diversidade de paisagens e de possibilidades que oferece o país para todo o tipo de turistas e bolsos fazem do Panamá um destino com um enorme magnetismo e repleto de segredos para descobrir.

 

Amanhecer em um oceano e anoitecer no outro, passear por um "deserto" em um país tropical ou visitar uma das maiores obras de engenharia do mundo, o Canal de Panamá são só alguns dos atrativos que oferece o país.

Na continuação, vamos detalhar os motivos, um a um.

1.Hoje no Pacífico amanhã no Caribe.

Águas cristalinas, recifes de coral, milhares de espécies submarinas ou desfrutar do amanhecer no Pacífico e do crepúsculo no Caribe.O Istmo de Panamá tem uma superfície de 75.517 Km e centenas de kilômetros de praia na costa Pacífica e no mar do Caribe. 

Na costa do Pacífico, apenas a uma hora da Cidade de Panamá, se encontram uma série de praias com nomes de Punta Chame, Gorgona, Coronado, Río Mar, Santa Clara e Praia Blanca,pontos mais populares para turistas e locais. Ainda que, aqueles que querem se afastar um pouco mais da costa, encontrarão no Arquipélago das Perlas um autêntico paraíso e um refúgio de paz a apenas 50 km da costa.

Não obstante, aqueles que prefiram conhecer fortificações com histórias de pirata; ilhas quase virgens habitadas por comunidades indígenas; ou descobrir em Bocas del Toro, outro arquipélago paradisíaco caracterizado por sua colorida arquitetura de casas de madeira, amplas varandas e palafitas levantadas sobre o mar Caribe.

2.Natureza vibrante e em estado puro.

A ilha de Coiba, no Pacífico, é um dos parques marinhos mais extensos do mundo, contando Panamá com 7% do território com reservas naturais.Seu isolamento geográfico tem feito com que este destino se encontre praticamente virgem, tanto seus bosques, como seu fundo marinho. Um dia na ilha é um prazer para os sentidos dos viajantes mais aventureiros.

Aqueles que querem se surpreender não devem deixar de visitar o Parque Nacional de Sarigua, uma área na península de Azuero, que tem experimentado um processo de salinização que faz com que tenha um aspecto desértico. Assentamento pré-colombiano com 11.000 anos de antiguidade, hoje acolhe uma exótica flora e fauna de pequenos mamíferos, répteis, anfíbios e aves migratórias.

Na parte norte do país, em Chiriquí e depois de uma emocionante caminhada de subida é possível contemplar a partir dos 3.500 mts de altura do Volcán Barú, os dois oceanos que banham o Panamá: o Atlântico e o Pacífico.Nas terras altas, há cafezais, campos de hortaliças e paisagens extraordinárias. O Volcán Barú se encontra dentro do Parque Nacional do mesmo nome, declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO com uma biodiversidade única no mundo, pelo contraste de paisagens que narram a história de sua última erupção.

A tão somente duas horas da cidade de Panamá se encontra-se o Valle de Antón, na província central de Coclé, considerado como o lugar da eterna primavera no Panamá.Se trata de um lugar paradisíaco com um clima agradável onde os amantes da caminhada encontram caminhos, vegetação exuberante, cascatas abundantes, e espécies endêmicas como as rãs douradas ou árvores quadradas.O Vale é a cratera de um vulcão, razão pela qual em seus arredores há uma grande quantidade de colinas e rochas vulcânicas.

3.Conexões aéreas

Sua localização no continente americano tem feito de Panamá a maior plataforma de conectividade aérea da América com mais de 60 vôos diretos a todo o continente, mas também com a Europa. ibéria KLM, Avianca, Condor, Delta, United. Há uma dezena de companhias aéreas, que unem a Espanha com o país Latino ameriano durante todo o ano.Vôos diretos com escalas, para todos os bolsos.

4.Multiculturalidade e hospitalidade.

Mescla de povos, Panamá é um caldeirão de culturas, africanos, europeus, mestiços, mulatos, e até sete grupos de indígenas que ainda mantém sua língua e seus costumes: os Gunas (em San Blas, Caribe), os Embera e Wounaan (Província de Darién), Ngobe e Bugle (en Chiriquí, Bocas del Toro e Veraguas) e os Teribes e Bokotas (Bocas del Toro). Artesanatos, telas, esculturas, música e gastronomia nativas são a etiqueta de apresentação de un país que recebe o turista com os braços abertos.

5.Cidade de Panamá

A cidade de Panamá, exemplo do desenvolvimento que tem experimentado o país nos últimos anos, tem sido catalogada pela revista "The Economist" como a quinta cidade mais econômica do mundo, um destino de compras único repleto de lojas em centros comerciais, onde encontram todos os tipos de artigos para todos os bolsos.A isto tem que somar-se, o desenvolvimento urbanístico da cidade, um “syline “ digno de admirar, uma ampla oferta hoteleira de luxo com representação das principais cadeias hoteleiras internacionais, nas margens do Canal do Panamá, uma obra de arte da engenharia mundial.

{gallerysg}cincorazones{/gallerysg}