Panamá investe em novo Centro de Convenções

 

EIBTM Barcelona 2012 

  • O país latino celebrou 66 congressos internacionais em 2011 e tem previsto alcançar o número de 126 eventos durante este ano. 
  • Ao menos 40.000 pessoas visitarão Panamá nos dois próximos anos para participar em mais de 15 eventos mundiais.

Barcelona, 28 de novembro de 2012.Panamá aposta pelo Turismo de negócios com a projeção de novas instalações e a melhora de seus serviços turísticos.A criação do novo Centro de Convenções de Panamá, com capacidade para 20.000 pessoas e um investimento de 149 milhões de euros é o último projeto impulsionado diante da grande demanda do turismo de congressos, convenções e eventos.

A Autoridade de Turismo de Panamá (ATP), tem como objetivo gerar perto de 400.000 noites de hotel em finais de 2014 e obter ainda disso uma aceleração do crescimento turístico de 12 a 15%, segundo tem explicado hoje Ernesto Orillac, Vice-ministro de Turismo de Panamá, no marco da feira EIBTM de Barcelona.Se estima que ao menos 40.000 pessoas visitem o país nos dois próximos anos para participar em mais de 15 eventos mundiais.Como encontros destacados, o torneio esportivo Ironman Panamá, oferecerá uma chegada de 2.000 visitantes, em fevereiro de 2013.Para maio do próximo ano se prevê que o encontro Movimento Missionário Mundial reúna cerca de 15.000 pessoas de todo o continete americano.

Em 2011, Panamá acolheu 66 congressos e tem previsto superar este ano o número até alcançar os 126 eventos e 120.000 noites de hotel.A realização destes encontros ofereceu 90.000 noites de hotel durante 2011.

Atualmente, o país dispõe de mais de 600 estabelecimentos hoteleiros e 23.500 vagas em alojamentos turísticos.Cadeias hoteleiras internacionais tem investido em infra-estrururas de alojamento, contemplando-se a abertura de 50 novos hotéis para o período 2012-2013.

Durante o ano passado, Panamá recebeu 2 milhões de visitantes internacionais e o setor turístico gerou alguns ingressos de cerca de 2.000 milhões de euros.A Autoridade de Turismo de Panamá (ATP), estima que se alcancem os 2,2 milhões de visitantes.

57.000m² para congressos, eventos e convenções internacionais.

O novo Centro de Convenções situa Panamá como a melhor alternativa para os eventos de negócios na América Latina.O grande espaço de reuniões, cuja abertura está prevista para 2014 será executado pelo consórcio HPC-Contratas, formado por capital panamenho, espanhol, costa-riquenho e porto-riquenho.

Situado nas imediações do Canal de Panamá e do Biomuseu da Diversidade, o complexo de 57.000m² conta com 16 salas de reuniões, um teatro para 1.947 pessoas e um anfiteatro com capacidade para 2.000 pessoas.Além da sala de exibições de mais de 15.000m², o novo espaço terá um restaurante e um salão multi-uso, com aproximadamente 4.000m² de superficie.

Ampliação do Canal de Panamá e Aeroporto Internacional de Tocumen

A extensão do Canal de Panamá e do novo terminal do Aeroporto de Tocumen evidenciam a resposta do país latino-americano a crescente demanda de passageiros e carga.

O Canal de Panamá, estratégica via comercial do continente, melhorará as infra-estruturas coincidindo, com a celebração de seu centenário.Este símbolo do país por seu valor econômico e turístico, também se encontra imerso na ampliação de suas instalações, obras, que culminarão em 2014.Os trabalhos de melhora, iniciados em 2007 consistem, em parte na construção dos complexos de eclusas, maiores e efetivas, que complementarão as já existentes: Miraflores, Gatún e Pedro Miguel.

De outro lado, o Aeroporto de Tocumen, registrou uma entrada de mais de 6 milhões de passageiros, durante 2011.A principal entrada de turistas ao país, tem recebido já no passar do ano,um total de 1.115.647 passageiros, número que representa um aumento de 160.230 viajantes em comparação ao ano anterior e que supõe um índice percentual de crescimento de 16.8%.

O aeroporto internacional é o mais importante de Panamá e América Central, com vôos a cidades da América e Europa.Na atualidade, operam 12 vôos diretos a América do Norte, mais de 80 vôos diretos ao Caribe, América Central e América do Sul e vôos diários a Europa.Panamá conta, além disso, com outros 13 aeroportos locais, que cobrem as diferentes regiões do país e se conectam com lugares como Chiriquí, Coclé, Los Santos ou Bocas del Toro.

Biomuseu da Diversidade, aposta turística e cultural.

A partir de 2013, Panamá contará com o Biomuseu da Diversidade, um espaço de 4.000 m², projetado pelo arquiteto de prestígio, Frank Ghery dedicado a biodiversidade e a conservação.O novo centro explica em seu trajeto o surgimento do Istmo de Panamá, na biodiversidade global há três milhões de anos.Foi um sucesso geológico que mudou o clima do planeta e afetou a espécie animal e vegetal, convertendo o Caribe em um mar fechado.

O Biomuseu contará com mais de 4.000 m² em 8 salas expositivas e um parque botânico.O espaço do museu , atualmente em construção, oferece a possibilidade de fazer visitas guiadas para verificar o avanço do projeto.