Explorando a Aposentadoria no Exterior- Panamá

Há muito tempo tem um determinado segmento da população americana que tem uma segunda casa no exterior e/ou tem se aposentado lá – especialmente as pessoas de boas condições financeiras e/ou com conexões pessoais ou familiares a atrativos locais no exterior. Mas, o número deles, considerando tal possibilidade tem começado a se expandir rapidamente nos últimos anos, devido à combinação de ambos os fatores, oferta e procura.

Com Baby Boomers agora alcançando a idade de aposentadoria, o crescente volume de aposentados está se disseminando ano após ano. E por causa de sua saúde melhor e mais longa expectativa de vida, esta geração tende a ver a aposentadoria não como uma proposição de curto prazo- mas, precisamente, como um capítulo novo e excitante em suas vidas, que durará por décadas. Mas, eles encaram uma muito diferente constelação de desafios e oportunidades, do que tiveram seus pais e avós.

Por um lado, as economias e os investimentos de muitos deles têm sido afetados duramente pela crise econômica dos últimos anos. E em particular o valor de suas casas tem sofrido, enquanto a prática anteriormente comum de mudar-se para o ensolarado sul dos Estados Unidos, porque era comparativamente mais barato , não é mais possível.

Da mesma forma, a renda da Segurança Social- nunca totalmente adequada para prover uma aposentadoria confortável-agora enfrenta a perspectiva de restrição. E,eles são menos prováveis do que seus pais de terem trabalhado para um único empregador por toda a sua vida de trabalho, poucos da geração presente de aposentados gozam benefícios de planos de pensão particulares ( muitos dos quais, estão também encarando o prospecto de insolvência.) E expectativa de vida mais longa, significa que eles terão que se sustentar com a aposentadoria por um período mais longo de tempo.

Por outro lado, membros da geração presente de aposentados têm provavelmente viajado ao exterior mais frequentemente e certamente sido mais expostos a outras culturas (especialmente, aquelas da América Latina) do que seus antecessores. E em uma era de globalização galopante, muitas partes do mundo, agora oferecem um padrão de vida, o qual é comparável aquele dos Estados Unidos.

Aposentadoria no exterior pode não ser para todos. E cada indivíduo considerando essa possibilidade, terá suas próprias preferências, preocupações e uma cada vez mais ampla gama de oportunidades para escolher. Segurança, atrativos, acessibilidade financeira,acessibilidade, disponibilidade de bom cuidado com a saúde e receptividade para Americanos provavelmente figurariam altamente em quase todas as listas de fatores para considerar.Mas as situações individuais e os gostos variarão.

A Bacia em torno do Caribe viria rapidamente à mente de qualquer americano, porque ela combina os benefícios da proximidade com os Estados Unidos e um clima ameno durante todo o ano. E, enquanto não há razão para desacreditar de outros possíveis locais nesta região, Panamá oferece um número particular – e em alguns casos , único- de vantagens.

Panamá tem desfrutado ininterruptamente de estabilidade política e governo democrático, sob a regra de direito, por um quarto de século, e estas estão agora firmemente arraigadas. Neste contexto é consagrado o princípio fundamental, que os direitos de propriedade - ambos os cidadãos Panamenhos e residentes estrangeiros, igualmente e da mesma forma são fortemente protegidos.Neste ínterim, a trajetória econômica dinâmica- com uma média de mais de 10% de crescimento de GNP, durante os últimos anos – catapultou sua infra-estrutura e a sociedade em direção a competitividade internacional.

Números de desemprego baixo e padrões de vida substancialmente superiores aqueles da maioria dos seus vizinhos regionais têm reforçado a estabilidade social e contribuído para uma alta ordem de segurança pública. Mercadorias de classe-mundial e serviços têm tornado-se altamente mais disponíveis e ainda, o custo de vida, permanece relativamente baixo, particularmente , quando comparado com os Estados Unidos.E isto mais enfaticamente se aplica a disponibilidade de serviços médicos de classe mundial e infra-estrutura, em um relativamente baixo custo de vida, incluindo ligações próximas com médicos e hospitais panamenhos, através de treinamento e acordos de cooperação, com os seus melhores homólogos possíveis nos Estados Unidos

Além disso, Panamá é fisicamente um país atraente, que oferece uma grande variedade de locais individuais e sub climas, com apelo para todos os gostos - da Costa do Atlântico e Pacífico e ilhas, até as florestas e montanhas, entretanto.Além disso, ele goza de um clima agradável durante todo o ano e uma localização geográfica fortuita fora do cinturão de furacão e onde não há nenhuma atividade sísmica.

Em adição, a Cidade de Panamá tem tornado-se a mais moderna e dinâmica metrópole, entre a Cidade do México e São Paulo.Sua localização é também estrategicamente central, dentro do hemisfério Oeste, e globalmente gozando de ar verdadeiramente excelente, marítimo (incluindo, claro, o recentemente em expansão Canal do Panamá), conexões bancárias e de comunicação.

Com sua paisagem variada, Panamá oferece um extremamente amplo leque de opções de lazer- incluindo todos os tipos de restaurantes e vida noturna, jogo legal , música vibrante e cenário cultural, surfe e outras atividades de praia orientadas, vela e pesca de classe mundial em água salgada e fresca, compras (a partir dos mais modernos centros comerciais e as Zonas de Comércio Livre de Colón,aos ofícios artesanais) caiaque e outros esportes aquáticos, ver a natureza por terra e mar e outras atividades ecológicas.

Em virtude de sua localização e de uma chave global de cruzamentos, a sociedade do Panamá tem sempre sido uma excepcionalmente cosmopolita, que é amigável e receptiva a todo o tipo de estrangeiros.E, em particular , ela tem desfrutado um relacionamento próximo com os Estados Unidos. Ambos como um país e uma cultura- e na verdade com muitos americanos e residentes, desde o tempo da construção do Canal, mais de um século atrás.

Como uma consequência ,o uso da língua Inglesa é bastante difundido – desde os círculos mais altos de negócios e do governo até o cidadão na rua ou a senhora do outro lado do balcão da loja.

No topo de todas essa vantagens naturais, Governos Panamenhos sucessivos têm colocado em prática, um pacote integrado de políticas direcionadas a fazer do país um local mais atraente para os turistas estrangeiros e aposentados. Requerimentos de residência são fáceis e as taxas são baixas. E os idosos, em geral, desfrutam benefícios, que incluem descontos generosos em uma larga gama de itens- de acomodações de hotel, nos restaurantes e várias outras formas de entretenimento, através de Odontologia e Oftalmologia e prescrições médicas – para transporte e fechamento de custos em compras de imóveis.

Na realidade,aos turistas (2.2 milhões, dos quais visitaram o Panamá, no último ano) são oferecidos, seguro médico pela duração de sua estadia ( até um mês). Além disso, o país estabeleceu um ambiente de negócios muito amigável que – combinado com a utilização de longa data do dólar como moeda local do Panamá e uma das economias mais dinâmicas, melhor localizadas no mundo- facilita a participação de estrangeiros residentes em atividades empresariais e/ou de atividades de investimento, localmente e em todo o mundo,se eles optarem por fazer isso. Como resultado, o Panamá tem sido reconhecido, por uma cada vez mais longa lista de publicações de prestígio internacional – incluindo o New York Times, The International Living e AARP The Magazine– como um dos lugares melhores do mundo para visitar ou se aposentar.

Em resumo, ambos, o mundo e o Panamá têm evoluído dramaticamente nas últimas décadas. E estas mudanças têm significantemente afetado a maneira que os Americanos estão começando a pensar sobre os seus anos de aposentadoria. Nós, na Autoridade de Turismo de Panamá acreditamos que uma tendência muito forte, já em evidência, será um número de Americanos ainda mais significante, chegando a conclusão de que eles deveriam seriamente explorar opções de aposentadoria no exterior. E é a nossa intenção deixar certo, que o Panamá merece a mais favorável consideração deles.

Sobre o autor.

Senhor Orillac é o Vice Ministro de Turismo de Panamá.Com mais de doze anos de experiência no setor de Turismo, seu propósito principal no Conselho de Turismo é aumentar o desenvolvimento econômico de Panamá, através do gerenciamento do turismo.

Ele é o ex-diretor da Câmara de Comércio e indústria do Panamá, assim como o Presidente da Associação de Operadores de Turismo do Panamá. Ele também é um Ex-Diretor da Câmara de Turismo do Panamá e do Departamento do Governo de Convenções e Visitantes.

Fornecendo Liderança em serviços para garantir a sustentabilidade do turismo em diferentes regiões de Panamá, assim como a implementação de caminhos para promover excelência nas atividades de turismo, o Vice -Ministro, Ernesto Orillac se sobressai como um dos atores líderes na indústria de turismo no Panamá.

www.journal.aarpinternational.org