Gigantescas comportas do Canal de Panamá chegam esta terça-feira.

As quatro primeiras comportas do terceiro jogo de eclusas do Canal de Panamá de um total de 16, que fazem parte do projeto de ampliação da via aquática, chegarão a Colón, esta terça-feira, via marítima, procedentes da Itália, depois de 30 dias de navegação pelo Oceano Atlântico, a bordo do navio Sun Rise.

Assim informou a Autoridade do Canal de Panamá (ACP), a qual realiza os preparativos com a imprensa nacional para cobrir o acontecimento na província caribenha.

A embarcação partiu a 22 de julho, do porto de Trieste, localizado no mar Adriático, ao norte da Itália, muito perto das oficinas da empresa Cimolia, que foi subcontratada para fabricá-las pelos Grupos Unidos pelo Canal.

A ACP precisou que o navio Sun Rise será recebido no setor de Davis, província de Colón. 

O Navio atravessou três mares

O cargueiro do tipo postpanamax, transitou o Adriático, todo o Mediterrâneo e o Atlântico. Neste momento está no Caribe, com destino as costas panamenhas.

Uma vez que cheguem ao Panamá, estas quatro primeiras comportas serão transportadas até uma área, onde serão armazenadas, até que os nichos da eclusa do Atlântico estejam prontos para serem instalados.

Posteriormente, a embarcação que pertence a uma empresa sul coreana, regressará a Itália, para transportar as seguintes quatro comportas, e assim sucessivamente, até completar quatro viagens com um total de 16 comportas.

A via inter oceânica panamenha construída em 15 de agosto de 1914 é ampliada com um investimento de 5, 250 milhões de dólares, para permitir a passagem dos navios postpanamax, os mais gigantescos da indústria marítima mundial, o que aumentará o comércio internacional em mais de 10%.

Fonte: www.caribbeannewsdigital.com