Aeroporto Gera Expectativas

A dinamização da economia, que gerará o desenvolvimento da área das praias no Pacífico, concretiza ao mesmo tempo o estabelecimento de novos negócios, que vêm gerenciando os seus projetos há dois ou três anos. Hoje os promotores destes negócios vêem na abertura do Aeroporto de   Río Hato outra aposta para seus investimentos.

Com um avanço de 72% na obra, a Autoridade da Aeronáutica Civil (AAC) projeta que este aeroporto estará construído para finais do mês de setembro, com uma capacidade para 500 usuários “entrando e saindo”.

Segundo Rafael Bárcenas Chiari, diretor geral da AAC, duas linhas aéreas canadenses estão interessadas em realizar vôos, tipo charter, neste terminal. 

Alberto Quirós, que dirige o Cluster de Turismo em Coclé, indica que pequenos e médios empresários ”queremos aproveitar o aeroporto como uma plataforma de negócios, turismo e exportação”. Considera que havia uma infra-estrutura que devia potencializar-se , isso faz dois anos, e que por si só, “não faz nada,    razão pela qual “devemos aproveitá-la e nos organizarmos.”

Quirós comenta que o grupo trabalha promovendo-se nos mercados da Colômbia, Equador, Estados Unidos e Canadá. E a partir do Aeroporto de Tocumén, eles também abordam mercados como os da Alemanha e Inglaterra.

Além disso, buscam alianças com aeroportos como o de Guanacaste, em Costa Rica, e o de Punta Cana, na República Dominicana, com a intenção de fazer vôos fretados. Estes também são aeroportos de destino e têm compartilhado com estes empresários panamenhos suas experiências de desenvolvimento, disse.  

Artigo Completo em: www.martesfinanciero.com