Visitar e Comprar no Mercado de Frutos do Mar

Um dos ícones reais da imagem da cidade capital e da vida natural de todos os panamenhos é o mercado de frutos do mar.Ele é assim porque significa e representa o viver diário dos pescadores panamenhos.

Para um país como Panamá, rodeado de dois oceanos em ambas as costas, se fazia natural um lugar, ao lado do mar, onde os pescadores pudessem trazer os seus produtos e oferecê-los ao público, dentro de um ambiente limpo.

É assim, que as autoridades capitalinas, com a ajuda da agência de cooperação Técnica de Japão, iniciaram em 1995, a construção de uma edificação para albergar os produtos do mar a um custo de 7.8 milhões de dólares.

O edifício se encontra no final da Avenida Balboa, e a Cinta Costera e se une com o Casco Antiguo, e é muito visitado por locais e estrangeiros interessados em adquirir frutos do mar frescos e o famoso “Ceviche” a um preço excelente. O ceviche é um prato típico, que pode ser de peixe, camarão polvo, lula e até de mexilhão, sem se esquecer do ceviche de combinação popular.

Como todo mercado de frutos do mar, o característico odor, se sente, ao se aproximar do lugar.Lá dentro, há 69 cubículos, onde cada vendedor oferece os produtos frescos recém saídos do mar aos visitantes.É comum que estes cubículos sejam decorados de uma forma chamativa e até com algumas mensagens dedicadas a Deus.

Lá dentro há restaurantes, onde você poderá degustar de uma ampla gama de pratos como a famosa paelha, ou o “Guacho de Frutos do Mar.” Ou um peixe com “Patacones” (bananas verdes) O Guacho de frutos do mar, é uma mistura de sopa e arroz com mariscos, algo bem típico.

Há boa música,a comida é riquíssima e os preços econômicos, conta com vista para cidade de Panamá e no interior do mercado a atenção é boa.O horário do restaurante é das 11:30 até as 17:30 e o mercado abre todos os dias, salvo alguns dias, que o fazem para fumigação e limpeza e que são anunciados devidamente pela administração.