A Feira de Tanara ofereceu novas atrações

As primeiras horas da tarde de sábado passado, 12 de janeiro, caminhar pela Feira de Tanara, em Chepo, resultou em uma atividade tranquila, mas à medida que avançava o tempo, chegavam mais pessoas e logo o lugar parecia um formigueiro, mas de visitantes.

Foi o terceiro dia de atividades do Encontro Agropecuário do Setor Leste da província de Panamá, que fechou com êxito, ontem, um recinto, onde convergiam vendedores de todo o tipo, desde ambulantes, artesãos, até distribuidoras de automóveis e companhias telefônicas.

Na parte de trás do lugar, encontravam-se as tradicionais exposições agrícolas e pecuárias. Um senhor, com a buzina na mão, leiloava um exemplar de gado de corte e animava aos presentes, para que estes oferecessem mais do que $625, que naquela hora , um interessado havia feito a oferta.

Tratava-se do primeiro leilão de gado, que se realizava, atividade, que desde este ano se desenvolvia todos os sábados, em tempo de feira. Ovidio Saavedra, presidente do Patronato do Encontro, informou que além do leilão, se programaram julgamento de cavalos quatro milhas e de trabalho, concurso leiteiro, competição de laço, ente outras amenidades.

“O espírito da feira (fundada em 1979) é mostrar o que se faz nesta região”, comentou Saavedra ao ressaltar que o esforço é rentável, mas os rendimentos se empregam exclusivamente para a manutenção do lugar no resto do ano.