Panamá, único na América Latina com edifícios mais altos do mundo

Panamá se destacou no ano de 2013 entre os principais países do mundo, e o único da América Latina, em construções de arranha-céus com mais de 200 metros de altitude, indicou o Conselho de Construções de Altura e Habitat Urbano.

O edifício do Centro Financeiro Bicsa, de 267 metros de altura e 66 andares se localizou no 15° posto dos 73 edifícios altos construídos em 2013.

O segundo edifício de altura, que Panamá construiu em 2013 é o Yoo and Arts Tower de 246 metros de altura e 78 andares, localizados no posto 26 deste ano.

Desta maneira, Panamá soma um total de 60 edifícios de altura, ao longo dos anos, o mais alto de 284 metros, o Trump Ocean Club, com 77 andares de altura.

O edifício mais alto de 2013 foi a torre 2 de JW Marriott Marquis Hotel de Dubai, com 355 metros de altura e 82 andares.

Panamá, representado pelas duas construções, ocupou 3 por cento do total de edifícios de altura no ano; enquanto que Estados Unidos, com o único edifício, o 1717 de Broadway, ocupou 1 por cento de construção.

Fonte: www.critica.com.pa