Patrimônio histórico

Uma verdadeira curiosidade e um patrimônio histórico da humanidade são os os retábulos, que são quase intactos na igreja colonial de São Francisco da Montanha, na província de Veraguas, construída pelos espanhóis e indígenas durante a colonização do Istmo panamenho.

Para os nativos de Veraguas, por estes trabalhos se tem o maior respeito, por ser uma comunidade católica, e para isso se lhes dá a melhor atenção e valor as peças, que compõe este altar, que simboliza a fé, que deixaram os primeiros colonizadores espanhóis.

A história indica que com a chegada dos conquistadores em terra firme e ao descobrir a cidade de Belém, na zona norte do distrito de Santa Fé, os colonizadores viajaram e atravessaram a cordilheira central, chegaram até Santa Fé.Dali saíram em busca de ouro e descobriram São Francisco, onde de estabeleceram e construíram este templo.

Apesar destes retábulos terem tido, que ser restaurados, eles ainda mantêm muitas peças originais e é por isso que eles são um patrimônio histórico da humanidade.

A comunidade são franciscana tem sido sempre zelosa e cuidadosa com este curioso patrimônio, que contém muitas mensagens dos primeiros religiosos, que chegaram ao istmo centro americano.

Se pensa, que estes retábulos na igreja colonial de São Francisco possam ser os mais antigos da América. Estão plenos de mensagens religiosas, tal como o estabelece a Bíblia.

As imagens dos retábulos e no altar são originais e alguns restauradores têm deixado quase tudo para que não percam a sua autenticidade, o que faz com que muitas pessoas católicas de todas as partes do mundo cheguem aqui para visitar este monumento, que faz parte da cultura panamenha.

Fonte: dia a dia