Chegou Feira de Azuero

Na Feira Internacional de Azuero (FIA)- a principal vitrine comercial e econômica das províncias de Herrera e Los Santos-os visitantes podem comprar de tudo, desde plantas ornamentais e medicamentos até um carro último modelo.

Mas sem dúvida, uma das áreas, que mais visitantes gera, é a venda e exposição de artesanatos, onde centenas de artesãos, nacionais e estrangeiros, mostram o melhor de sua produção em madeira, couro e bijuteria, entre outros.

Maximiliano Amaya, Presidente do Conselho de Curadores da FIA, assegurou que para este evento de feira, se tem preparado muitas atrações, as quais oferecerão ao público visitante, as mais variadas atividades em um ambiente de grande segurança, dentro dos 18 hectares de terreno, dispostos para a sua realização.

Espera-se um movimento comercial ao redor de 40 milhões de dólares, assim como a presença de ao menos 200,000 pessoas.

Ainda que o artesanato da região de Azuero seja muito apreciado localmente, a exposição na feira se limita a alguns pavilhões de entidades estatais, que dão apoio ao artesão, como o são o Ministério de Comércio e Indústrias (Mici), Ampyme e o Instituto Nacional de Cultura, entre outros.

Bolívar Medina, encarregado do departamento de Artesanatos do Mici, informou que a área de exposição do pavilhão da entidade, contará com uma representação de cerca de 50 artesãos de diferentes pontos do país, que oferecerão artesanatos de madeira e vidro, têxteis, fibra, bijuteria, tembleques, couro, artes plásticas, entre outros.

Com relação aos artesãos, explicou Medina, o Mici lhes facilita o espaço para que cada artesão promova e exiba o que produz, já que é uma janela para que o artesão faça negócio e ofereça os seus serviços a milhares de visitantes da feira.

A partir de amanhã, inicia-se a feira e dura 10 dias.Não deixe de participar deste grande evento no interior.

Fonte: Dia a Dia